NotÍcias

Ator de Hollywood é preso por vender “cura” para o coronavírus

Keith Middlebrook pode pegar até 20 anos de cadeia se for condenado por fraude

O ator Keith Middlebrook, que tem no currículo filmes como Homem de Ferro 2 e Moneyball – O Homem Que Mudou o Jogo, foi preso por agentes do FBI na Califórnia, na noite de quarta-feira (26). O artista é acusado de vender pílulas que seriam uma “cura com patente pendente” para o novo coronavírus e pode pegar até 20 anos de cadeia se for condenado por fraude.

+Rui Costa sugere que municípios sem casos de Covid-19 não adotem ‘medidas drásticas’ e mantenham algumas atividades

+Com coronavírus, jogador da NBA relata perda de olfato e paladar

Com 2,5 milhões de seguidores no Instagram, Middlebrook foi preso em flagrante ao entregar a tal medicação a um agente do FBI que se passava por um investidor. Segundo o ator, as pílulas serviriam tanto para que as pessoas não se contaminassem com o coronavírus quanto para curar aqueles que estavam infectados com a Covid-19.

De acordo com o TMZ, o artista vinha pedindo fundos a potenciais investidores para sua empresa, a Quantum Prevention CV. Ele prometia lucros de 200 a 300% para cada milhão de dólares investidos. E mais: Middlebrook falava ainda que Magic Johnson, ex-jogador de basquete e lenda da NBA, era parte da diretoria da companhia. O ex-atleta, no entanto, afirmou que nem conhecia o ator.

Mostre mais

Artigos relacionados

Aviso: Os comentários são de responsabilidade dos autores e não representam a opinião do Portal Meacheaki Noticias e Entretenimento. É vetada a postagem de conteúdos que violem a lei e/ ou direitos de terceiros. Comentários postados que não respeitem os critérios podem ser removidos sem prévia notificação.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Close