o que tá rolando na web

Viral com Cota Não É Esmola, Bia Ferreira lança single Eu Boto Fé

Single da cantora que vem fazendo sucesso na internet é produzido por BNegão

Depois de “quebrar a internet” com uma série de vídeos em que aparece cantando músicas autorais, Bia Ferreira lança seu primeiro single gravado em estúdio. Com uma letra que busca fomentar a esperança nas pessoas, Eu Boto Fé foi produzida pelo rapper carioca BNegão, que assim como muita gente pelo país foi capturado pela música de Bia ao ouvir Cota Não É Esmola, hit da cantora na web. O vídeo já conta com mais de 5 milhões visualizações no YouTube.

+Durante brincadeira no Chile, atriz beija Anitta na boca

“Mostrei esse som pro BNegão e ele gostou muito. Sendo ele uma das vozes da revolução de uma geração anterior a minha, a nossa parceria é emblemática. Mostra que estou no caminho certo, que nossa luta é igual e que estamos lutando pela liberdade de expressão, lutando para que as pessoas possam ter fé, também através da liberdade religiosa”, comemora a artista sobre a nova música.

Lançada nas plataformas digitais nesta sexta-feira (7),Eu Boto Fé é um grito contra a desesperança. Bia escreveu a faixa observando senhoras bem idosas voltando do trabalho e falando sobre seu expediente como faxineiras. Para a artista, é um absurdo ver idosos tendo a necessidade de trabalhar de forma tão pesada. A música vem de encontro com essa realidade, mas busca despertar a vontade de não desistir.

“Costumo dizer que essa menina, Bia Ferreira, é uma das pessoas mais talentosas que eu já conheci, nestes meus últimos 46 anos de vida. É um acontecimento. E normalmente eu sei reconhecer um acontecimento. Desde que a ouvi em uma gravação ao vivo de ‘Cota Não é Esmola’, fiquei assombrado e emocionado pela capacidade musical, criativa, vocal e energética dessa criatura… isso sem contar as suas letras, que estão num patamar acima do normal, dentro da música brasileira”, conta BNegão.

Preparando-se para lançar seu EP de estreia, previsto para janeiro de 2019, Bia define sua música  como MMP: Música de Mulher Preta. Faz uso de sua música para educar, conscientizar e passar informações a respeito das demandas de luta do movimento anti-racismo no Brasil.

Ouça Cota Não É Esmola:

Fonte: Correio 24 Horas

 

Mostre mais

Artigos relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Close
%d blogueiros gostam disto: