Saúde

Verdades e mentiras sobre o pênis

Circunferência importa? Perder peso faz o pênis crescer? Veja essas e outras verdades e mentiras sobre o pênis

Poucas coisas geram tantas polêmicas quanto o tamanho do próprio pênis. Ainda na adolescência, o comprimento do documento já começa a ser medido e discutido. Aos amigos, as medidas são reveladas – sempre de forma superestimada, afinal, ninguém quer ser chamado de “PP”.
Ao longo dos anos muita coisa muda na vida de um homem, menos a mania superestimar o comprimento do próprio pênis. Por quê? Dizer que tem um órgão grande é uma forma de reafirmar a masculinidade – pelo menos na cabeça dos homens.
Segundo uma pesquisa feita pelo British Journal of Urology, para que um pênis seja considerado “pequeno” deve medir menos de 9,16 centímetros em repouso, sendo que o tamanho médio (mundial) de um pênis ereto é de 13,12 centímetros. Assim, um pênis considerado grande teria mais de 17 cm ereto. Embora não haja consenso, já que alguns especialistas afirmam não haver uma “medida padrão”, há vários mitos relacionados às dimensões (ou falta delas) e seu papel no sexo. Desvende alguns:
 
EM ALGUMAS POSIÇÕES, O PÊNIS GRANDE PODE MACHUCAR?
VERDADE. Isso pode acontecer, principalmente, quando o par está de quatro e a penetração é feita sem que haja a lubrificação necessária. Algumas mulheres revelam dores e incômodos no colo do útero quando o pênis é muito grande.
Segundo uma pesquisa feita pelo British Journal of Urology, para que um pênis seja considerado “grande” deve medir, pelo menos, 17 centímetros ereto FOTO: Istock
A CIRCUNFERÊNCIA NÃO IMPORTA TANTO ASSIM? 
MENTIRA. Algumas pesquisas já apontaram que quanto maior a circunferência, melhor para mulher, principalmente se levarmos em consideração que a porção inicial da vagina (3 ou 4 cm na entrada) é a parte mais rica em terminações nervosas e receptiva aos estímulos.
OS PEQUENOS NÃO PODEM PROPORCIONAR TANTO PRAZER QUANTO OS GRANDES?
MENTIRA. Como dissemos ali em cima, a porção inicial da vagina é a mais suscetível aos estímulos, portanto um pênis com comprimento entre 10 e 12 cm ereto é mais do que suficiente para gerar prazer.
O TAMANHO DO PÊNIS NÃO INTERFERE NO ORGASMO FEMININO?
VERDADE. A maior parte dos orgasmos femininos depende da estimulação no clitóris, o que pode acontecer com brinquedos eróticos, sexo oral ou manipulação. Além disso, a qualidade das preliminares e o que o homem fala no ouvido da mulher na hora H podem desencadear muito mais prazer do que ter um pênis avantajado e não saber usá-lo.
Algumas pesquisas apontam que quanto maior a circunferência, melhor para mulher, principalmente se levarmos em consideração que a porção inicial da vagina é a parte mais rica em terminações nervosas FOTO: Istock
PERDER PESO FAZ O PÊNIS CRESCER?
MENTIRA. As pessoas podem até ter essa percepção, mas o pênis dos homens gordos ou obesos tem dimensões normais, ficando apenas aparentemente pequenos pela quantidade de tecido gorduroso. Ou seja, a perda de peso não irá aumentar o pênis, mas a percepção que se tem é de aumento.
HÁ PROBLEMAS PARA O SEXO ANAL SE O PÊNIS FOR MUITO GRANDE?
VERDADE. Há o risco de a introdução frequente de um pênis muito grande gerar lesões e deixar sequelas que podem produzir problemas futuros, como fissuras, fibrose de fibras do esfíncter anal e, consequentemente, problemas para evacuação.
 
PÊNIS PEQUENOS TÊM EREÇÕES MAIS POTENTES?
VERDADE. Em comparação aos maiores, o estado de excitação dos pequenos é mais intenso no quesito “centímetros extras”.
Em comparação aos maiores, o estado de excitação dos pênis pequenos é mais intenso no quesito “centímetros extras”FOTO: Istock
PAIS COM PÊNIS GRANDE TEM FILHOS COM PÊNIS GRANDE? 
VERDADE. A largura e comprimento do pênis possuem traços genéticos que são herdados, mas, isso não quer dizer que é “tal pai, tal filho”, claro. Levar uma vida estressada ou adquirir sobrepeso podem mudar as características estéticas do pênis. Também vale dizer que a influência dos genes maternos no filho também pode modificar a herança anatômica.
DÁ PARA AUMENTAR O TAMANHO DO PÊNIS?
VERDADE. É possível aumentar o pênis, mas é preciso fazer uma intervenção cirúrgica. A operação é recomendada para homens com micropênis, isto é, com menos de 7 centímetros. O nome da cirurgia é faloplastia e consiste em cortar um ligamento que projeta o pênis a um ou dois centímetros a mais de comprimento.
Tags
Mostre mais

Artigos relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Close