BahiaNotÍcias

Tradição há mais de um século, Lavagem de Itapuã agrega fé e desfile de blocos; veja programação

Festejos ocorrem nesta quinta-feira (1º), no bairro de Itapuã, em Salvador.

G1 BA

Nesta quinta-feira (1º), pelo 113º ano consecutivo, o bairro de Itapuã amanhece em festa. É lá que ocorre uma das últimas celebrações populares antes do início do carnaval, que terá abertura oficial no dia 8 de fevereiro.

Popularmente conhecida como Lavagem de Itapuã, a festa é marcada pelo sincretismo religioso, com a devoção de católicos à Nossa Senhora da Conceição e também do povo de santo à Iemanjá, orixá que será oficialmente celebrada na sexta-feira (2).

As celebrações começam ainda na madrugada, quando o Bando Anunciador, formado por um grupo de percussionistas, percorre as ruas do bairro com cânticos e convocações para a festa. Às 5h, uma alvorada de fogos anuncia a festividade.

Um dos pontos mais esperados da festa é lavagem das escadarias da Igreja de Nossa Senhora da Conceição de Itapuã, que fica na Praça Dorival Caymmi. Logo cedo, por volta das 6h, uma lavagem inicial é feita pelas “Nativas”, moradoras do bairro que há 30 anos assumiram a missão religiosa. Por volta das 12h, após um cortejo pelas ruas, é que a lavagem secular é feita pelas baianas.

Como é tradição, a Baleia Rosa inflável, de nove metros, estará no cortejo. Ela foi criada em 1987, em homenagem à atividade econômica de Itapuã, na época em que as pessoas pescavam as baleias encalhadas para fazer extração do óleo e da pele do animal. Além da baleia, uma novidade será um polvo gigante, de quase 12 metros.

A partir de 12h, o público poderá acompanhar 17 desfiles de blocos de chão, que sairão a cada 15 minutos entre a Praia de Placaford até a Rua Aristides Milton, no início da ladeira do Abaeté.

São eles: Escola de Samba Unidos de Itapuã (12h), Galera do Mar (12h15), Arrastão dos Peixes (12h30), Amigos de Pedreira (12h45), Arrastão do Bideira (13h), Sambeleza (13h15), Arrastão dos Cornos (13h30), Bloco das Santinhas (13h45), Bloco Vem Pra Cá/ Banda Zumbada (14h), Bonitol (14h15), Chabisc (14h30), Chuva de Gelo (14h45), Baleia Rosa (15h), Malê Debalê (15h15), Pinauna Power (15h30), Bloco Nem Te Conto/Banda A Panela (15h45) e Confraternização UESC (16h).

Escola de samba Unidos de Itapuã é uma das atrações da festa (Foto: Enaldo Pinto/Ag Haack)

Serviços

Por conta dos festejos, diversos serviços nas áreas de segurança, transporte, limpeza, ordenamento de trânsito, comércio ambulante e saúde foram intesificados ou alterados.

Segurança – Segundo a Secretaria de Segurança Pública (SSP-BA), a Polícia Militar vai disponibilizar 545 homens, 19 Postos Elevados de Observação e cinco de comando, além do reforço nas principais vias de acesso ao bairro. O efetivo atuará com o apoio de tropas especializadas (Operação Gêmeos e Apolo, Esquadrões Águia e de Polícia Montada, Batalhão de Choque e Rondesp Atlântico).

Além disso, a 12ª Delegacia Territorial (DT/Itapuã) terá a equipe reforçada e uma Delegacia Especial de Área será montada nas proximidades da Sereia de Itapuã. No total, serão 22 homens, entre delegados, escrivães e investigadores. Também haverá equipes de policiais infiltrados misturados à multidão, para coibir ações criminosas. A Guarda Civil de Salvador também estará no local.

Com quatro postos, o Corpo de Bombeiros vai disponibilizar 118 homens na área da lavagem, sendo 48 guarda-vidas. Serão utilizadas embarcações para maior segurança dos banhistas com Núcleo de Mergulho.

A Salvamar também vai trabalhar com 15 agentes de salvamento em seis postos montados na areia, entre a Praia de Placaford e Itapuã, na altura da Igreja. O órgão mantém as atividades normalmente no trecho de Jardim de Alah até Ipitanga.

Polícia Militar irá reforçar segurança no bairro de Itapuã (Foto: Carol Garcia/GOV BA)

Transporte – A Secretaria Municipal de Mobilidade (Semob) disponibilizará nove ônibus extras da frota reguladora para facilitar a volta para casa. Os ônibus estarão disponíveis das 15h às 22h30 na Estação Mussurunga e terão itinerários distribuídos pelas três áreas da cidade (Orla, Centro e Subúrbio), de acordo com a demanda. Além disso, as 25 linhas urbanas que circulam na região estarão operando normalmente.

Os veículos que circulariam pelo trecho interditado terão como opções de tráfego, no sentido Centro, seguir pelo Viaduto Mário Andreaza, Av. Luiz Viana (Paralela), Av. Orlando Gomes, até alcançarem a Av. Octávio Mangabeira.

Já quem busca chegar a Itapuã deve seguir pela Av. Octávio Mangabeira, retornar em frente à guarita de acesso ao estacionamento Sol Park, prosseguindo pela Av. Octávio Mangabeira, Av. Orlando Gomes, Av. Luiz Viana (Av. Paralela), e Av. Dorival Caymmi.

 25 linhas urbanas que circulam na região irão operar normalmente (Foto: Divulgação / SSP)

Trânsito – Por conta do festejo, haverá mudanças no trânsito. Para viabilizar a realização do evento, a Superintendência de Trânsito de Salvador (Transalvador) irá bloquear vias, proibir estacionamento de veículos, além de mudar o sentido do trânsito em determinados locais, já a partir da 0h.

A circulação de veículos será proibida, das 7h às 19h, na Av. Octávio Mangabeira, a partir da Rua Yemanjá, na Praça da Sereia, na Av. Dorival Caymmi, entre a Praça da Sereia e a Rua Clementino Heitor de Carvalho, e na Rua Aristides Milton, entre a Praça da Sereia e o acesso à Ladeira do Abaeté.

Será proibido estacionar, de meia-noite às 19h, no lado direito da Rua Yemanjá. A via funcionará em sentido único de tráfego, das 7h às 19h, entre o Habib’s e o Condomínio Casa Blanca. O tráfego estará invertido na Av. Octávio Mangabeira, nos mesmos período e trecho, entre o Condomínio Casa Blanca e o Habib’s.

No período noturno, das 19h do dia 1º às 2h da madrugada, trânsito e estacionamento de veículos estão proibidos também na Rua Aristides Milton, Praça Dorival Caymmi, Rua Genebaldo Figueiredo, Rua João do Peixe e Rua Arnaldo Francelino.

No período, os veículos com destino à Rua Professor Souza Brito, Jardim Encantamento, Loteamento Pedra do Sal, Alameda da Praia e adjacências terão como opção de tráfego a Av. Dorival Caymmi, Rua Paulo Afonso Baqueiro, Ladeira do Mirante do Abaeté, Largo do Abaeté, Ladeira do Abaeté.

Já os condutores provenientes da Rua Professor Souza Brito, com destino à Nova Brasília de Itapuã, terão que seguir pela Ladeira do Abaeté, Largo do Abaeté, Ladeira do Mirante, Rua Paulo Afonso Baqueiro, Av. Dorival Caymmi.

 Festa ocorre na região da Sereia de Itapuã (Foto: Gabriel Lima/Agecom)

Limpeza – A Empresa de Limpeza Urbana (Limpurb) disponibilizará 96 sanitários químicos e 180 colaboradores. Serão utilizados 22 equipamentos, entre compactadores, caçambas e caminhões-pipa. A Limpurb inicia os trabalhos antes da festa começar. Logo após o término, as equipes iniciam a limpeza para que às 5h as vias já estejam completamente livres.

Ordem Pública – A Secretaria Municipal de Ordem Pública (Semop) vai atuar com 144 agentes de fiscalização, que realizarão o ordenamento em todo o percurso da Lavagem, a fim de que as normas municipais sejam cumpridas. Na noite que antecede a festa, os fiscais realizarão uma blitz para averiguar a correta instalação dos equipamentos licenciados.

Os agentes orientarão os comerciantes informais sobre as proibições, como a comercialização de produtos em carros de mão, fogareiros, churrasqueiras, bebidas pré-preparadas artesanalmente, uso de embalagens reaproveitadas, bem como o uso de louças, alumínio ou de vidro, que devem ser descartáveis.

Oito fiscais de combate à poluição sonora irão monitorar as entidades que desfilarão na Lavagem, visando coibir a poluição sonora proveniente de veículos e estabelecimentos.

Saúde – A Secretaria Municipal de Saúde (SMS) manterá serviços por meio da Unidade de Pronto-Atendimento (UPA) Hélio Machado, localizada nas imediações da festa.

Acolhimento – Com o objetivo de proteger e assegurar os direitos de crianças e adolescentes enquanto os pais garantem o sustento da família, a Secretaria de Política para Mulheres, Infância e Juventude (SPMJ) mais uma vez recebe os filhos dos vendedores ambulantes que vão trabalhar na Lavagem de Itapuã, repetindo a ação feita no Festival Virada Salvador 2018 e no Bonfim. O atendimento será feito das 7h às 19h, na Escola Municipal Primeiro Passo (Rua Ladeira do Abaeté – Itapuã), com capacidade para atender 80 crianças e jovens.

Os pais ou responsáveis legais cadastrados na Semop, que tiverem interesse em deixar as crianças e adolescentes sob os cuidados dos profissionais capacitados, deverão dirigir-se até o centro de convivência no dia da festa, portando certidão de nascimento, RG e comprovante de residência, tanto do adulto responsável quanto do acolhido. O encaminhamento também poderá ser feito a partir da intervenção dos agentes municipais ou do Conselho Tutelar, cabendo aos responsáveis a entrega de toda a documentação do menor. Dúvidas e informações: 3202-7315.

Mostre mais

Artigos relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Close
%d blogueiros gostam disto: