Esportes

Técnico do Japão lamenta derrota e diz: ‘Bélgica é gigante’

Japoneses sofreram virada aos 48 do segundo tempo e deram adeus ao MundialO Japão surpreendeu e calou o mundo ao abrir 2x0 contra a Bélgica nas oitavas de final da Copa do Mundo. Apesar do início avassalador, os asiáticos não conseguiram segurar a força dos belgas e sofreram a virada aos 48 minutos do segundo tempo, o que culminou na eliminação do Mundial. Abatido, o técnico Akira Nishino admitiu não saber o que aconteceu com a seleção japonesa. "Na Copa do Mundo, talvez seja esse o grande perigo. Nós pressionamos, mas não sei o que faltou para gente. Estávamos brigando de igual para igual. Tínhamos chance de marcar o terceiro. Tivemos posse de bola, controle de jogo e estávamos indo bem. Mas a Bélgica é gigante", admitiu.

O Japão surpreendeu e calou o mundo ao abrir 2×0 contra a Bélgica nas oitavas de final da Copa do Mundo. Apesar do início avassalador, os asiáticos não conseguiram segurar a força dos belgas e sofreram a virada aos 48 minutos do segundo tempo, o que culminou na eliminação do Mundial.

Abatido, o técnico Akira Nishino admitiu não saber o que aconteceu com a seleção japonesa. “Na Copa do Mundo, talvez seja esse o grande perigo. Nós pressionamos, mas não sei o que faltou para gente. Estávamos brigando de igual para igual. Tínhamos chance de marcar o terceiro. Tivemos posse de bola, controle de jogo e estávamos indo bem. Mas a Bélgica é gigante”, admitiu.

Apesar da tristeza, o sentimento do treinador é de orgulho. Na Copa do Mundo, os japoneses venceram a Colômbia, empataram com Senegal e perderam para a Polônia. A classificação para as oitavas veio graças ao baixo número de cartões amarelos da equipe, o que foi usado como desempate para definir a vaga entre Japão e Senegal.

“Eu acho que tudo (diferença para a Bélgica), mas não é muito grande também. Queríamos fazer um bom jogo. Lutamos, nos dedicamos para brigar de igual para igual. Tivemos grande esforço, mas ainda temos uma parede para transpor”, analisou Nishino.

Com o resultado, a Bélgica será a adversária do Brasil nas quartas de final. O jogo será sexta-feira (6), às 15h, em Kazan.

Fonte: Correio 24 Horas / Fernanda Varela

Mostre mais

Artigos relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Close
%d blogueiros gostam disto: