BrasilNotÍcias

Próximo dos 27 milhões de inscritos, KondZilla é o maior canal brasileiro do YouTube

Produtor de clipes musicais ultrapassou o comediante Whindersson Nunes

O YouTube brasileiro começou a semana com um novo líder no número de inscritos: KondZilla chegou à marca de 26,8 milhões de assinaturas, passou o comediante Whindersson Nunes (que tem 26,7 milhões) e é o maior canal de vídeos do país no momento.

 Criado em março de 2012 pelo diretor Konrad Dantas, o KondZilla é uma das principais plataformas de lançamento da música popular brasileira no momento (tanto de artistas quanto de hits), com cerca de 1 bilhão de visualizações mensais em seus videoclipes — são 13 bilhões desde sua criação. O portfólio do canal conta com artistas como Simone & Simaria, MC Guimê, MC Kevinho, MC Bin Laden, Dennis DJ e MC Livinho.

MC Fioti é a estrela do clipe mais popular de KondZilla: o hit “Bum bum tam tam” tem 628 milhões de reproduções. Outros hits que saíram do canal incluem “Deu onda” (MC G15), “Olha a explosão” (MC Kevinho) e “Bumbum granada” (MCs Zaac & Jerry).

“A nossa meta agora é global, e hoje, no momento da urban music ao redor do mundo, temos grandes chances de nos conectarmos com outros gêneros de urban music em todos os continentes”, aposta Dantas ao comemorar a marca.

 Hoje com 28 anos, o paulista Konrad Dantas ganhou força ao ajudar a promover os clipes de funk ostentação, que era o gênero da moda há cinco anos. Largou o emprego em uma agência de publicidade para abrir a produtora KondZilla e fez cursos de cinema digital e 3D. No primeiro ano de carreira, já tinha 50 vídeos publicados e 50 milhões de visualizações.

– Sabia que havia uma massa carente de audiovisual. As pessoas que tinham capacidade técnica de fazer bons vídeos odiavam funk do fundo do coração. Mas nesse novo segmento do funk a galera percebeu que sem clipe ia ficar pra trás. Então a gente se propôs a mudar a estética – explicou em entrevista ao GLOBO publicada em 2012.

 O sucesso dos clipes ajudou Dantas a expandir seu negócio: além do canal no YouTube, ele fundou a produtora KondZilla Filmes, a marca de roupas KondZilla Wear e o selo musical KondZilla Recordes, que gerencia a carreira de funkeiros como MC Kevinho, MC Guimê e MC Kekel.
Fonte: Agência O Globo

Mostre mais

Artigos relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Close
%d blogueiros gostam disto: