BrasilNotÍcias

Pai é suspeito de espancar bebê até a morte; motivo seria o sexo da criança

Ex-companheira fez as acusações; família do acusado nega

Um pai está sendo acusado de ter matado a própria filha, de 4 meses, por ter nascido menina. O caso aconteceu em São Lourenço da Mata, interior de Pernambuco, na última sexta-feira (18). De acordo com testemunhas, o homem conhecido como Augusto Silva da Cruz, de 23 anos, queria que a bebê fosse um menino.

De acordo com informações preliminares da polícia, Augusto já tinha agredido a criança outras vezes. O suspeito está preso no Centro de Observação e Triagem Everaldo Luna (Cotel), em Abreu e Lima, na Região Metropolitana do Recife.

No momento do reconhecimento do corpo no Instituto Médico Legal (IML), apenas  parentes paternos estavam presentes. A bisavó paterna acusa a mãe de ter praticado o crime, e ainda alegou que ela já tinha agredido outros filhos. A casa onde a mãe da menina morava foi destruída por moradores, que atearam fogo no imóvel.

Mostre mais

Artigos relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Close