CinemaCultural

Netflix planeja produzir séries originais africanas em 2019

O movimento está alinhado com a ambição global da Netflix, que aposta em crescimento de produções estrangeiras

A Netflix está planejando produzir novas séries originais africanas em 2019. A informação é da revista americana Variety. Segundo Erik Barmack, vice-presidente de produções originais internacionais da Netflix. “O time europeu está no processo de procurar oportunidades na África. É definitivamente o caso de encomendarmos algumas séries em 2019”, disse Barmack durante a conferência Content London.

O movimento está alinhado com a ambição global da Netflix, já que a previsão da empresa é que no futuro as séries mais assistidas da plataforma serão estrangeiras. “Vai chegar o momento que metade do top 10 das produções mais assistidas virão de fora dos Estados Unidos”, afirmou. “Eu não acho que isso está muito distante. Eu acho que pode acontecer em alguns anos, não em algumas décadas”. O vice-presidente adiantou ainda que os programas com elencos multinacionais se tornarão comuns.

Além de lançar novas produções europeias no catálogo, a Netfliz está olhando de perto o mercado de língua árabe e definiu Jinn como seu primeiro  produto em língua árabe. “Há 500 milhões de pessoas em todo o mundo que falam árabe e há uma oportunidade real de colocar rostos diferentes e um tipo diferente de programação [juntos] para fugir dos tradicionais programas do Ramadã, por exemplo”, disse Barmack no encontro em Londres.

Cada vez mais os assinantes da Netflix assistem a filmes que não têm o inglês como língia original. Segundo Barmack isso afeta também a lógica de produção e recrutamento de talentos, uma vez que não será mais necessário se mudar para Hollywood para se tornar uma estrela em um mundo de TV globalizado. “A grande mensagem que queremos comunicar ao talento é que você não precisa sair de casa para conquistar grandes públicos e não precisa escolher Hollywood em comparação com seu próprio país”, disse.

Ele também teve palavras encorajadoras para os produtores europeus. “Há tanto interesse na narrativa aqui que se você tem várias opções de plataformas, é um ótimo lugar para estar”, disse ele. “Se você é um produtor com um projeto interessante, este é um ótimo momento na história da televisão para você”. A demanda da Netflix por direitos globais abalou os negócios de produção e distribuição, mas é fundamental para sua estratégia e sucesso, concluiu.

Fonte: Correio 24 Horas

Mostre mais

Artigos relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Close
%d blogueiros gostam disto: