Esportes

México é multado pela Fifa após grito homofóbico de torcedores

O grito em questão é aquele ecoado na hora de o goleiro rival cobrar um tiro de meta: "êêê puto!", que é considerado homofóbico pela conotação vulgar

Comitê Disciplinar da Fifa multou a Federação Mexicana de Futebol em 10 mil francos suíços (equivalente a R$ 38 mil) após seus torcedores entoarem cantos discriminatórios na estreia contra a Alemanha. A partida foi disputada na Copa do Mundo no último domingo (17), e a decisão saiu nesta quarta-feira (20).

O grito em questão é aquele ecoado na hora de o goleiro rival cobrar um tiro de meta: “êêê puto!”, que é considerado homofóbico pela conotação vulgar. Segundo o comunicado oficial divulgado pelo Comitê, a expressão fere o artigo 67 do Código Disciplinar da Fifa por ser discriminatório.

A Fifa alega que a decisão foi tomada “após avaliação minuciosa” das evidências, incluindo vídeos, e dos precedentes dos torcedores mexicanos – que usam esta expressão há décadas.

A entidade destacou observadores de combate à discriminação nas partidas desta Copa do Mundo, o que é inédito, e os relatórios também tiveram peso na decisão de multar o México. Além da multa, a Federação Mexicana de Futebol recebeu uma advertência e pode enfrentar sanções adicionais em caso de reincidência.

SÉRVIA

A seleção sérvia também recebeu multa de 10 mil francos suíços, esta por seus torcedores terem exibido uma bandeira com viés considerado político durante a estreia contra a Costa Rica, também no domingo (17). O Comitê Disciplinar da Fifa não deu detalhes sobre as inscrições contidas no material.

Com informações da Folhapress.

Mostre mais

Artigos relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Close
%d blogueiros gostam disto: