BrasilNotÍciasPolítica

Ensino Superior vai para Ciência e Tecnologia; veja os 15 ministérios

Serão mantidos Defesa, Saúde, Trabalho, Relações Exteriores e Segurança Institucional

O presidente eleito, Jair Bolsonaro (PSL), anunciou nesta quarta (31) em sua conta do Twitter que o astronauta Marcos Pontes será o futuro ministro da Ciência e Tecnologia. A pasta vai ficar responsável pelo ensino superior.

+Bahia é o estado que mais mata homens entre 15 e 24 anos

“Comunico que o Tenente-Coronel e Astronauta Marcos Pontes, engenheiro formado no ITA, será indicado para o Ministério da Ciência e Tecnologia. É o quarto Ministro confirmado!”, escreveu.

Já o ‘superministério’ de Infraestrutura, que engloba os atuais Transporte e Minas e Energia, foi descartado pelo vice-presidente eleito General Hamilton Mourão, segundo o jornal O Globo. Segundo ele, Minas e Energia seguirá como uma pasta autônoma.

Serão mantidos os ministérios Defesa, Saúde, Trabalho, Relações Exteriores e o Gabinete de Segurança Institucional.

Veja como devem ser os ministérios de  Bolsonaro:

1) Casa Civil – assumindo funções do Governo

2) Economia – fusão de Fazenda, Planejamento e Indústria, Comércio Exterior

3) Defesa

4) Saúde

5) Ciência e Tecnologia  (com ensino superior)

6) Educação, Esportes e Cultura

7) Trabalho

8) Minas e Energia

9) Justiça e Segurança

10) Integração Nacional ( com Cidades e Turismo)

11) Infraestrutura, englobando Transportes

12) Gabinete de Segurança Institucional

13) Desenvolvimento Social (com Direitos Humanos)

14) Relações Exteriores

15) Agricultura e Meio Ambiente

Fonte: Correio 24 Horas

Mostre mais

Artigos relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Close