BrasilNotÍcias

DJ acusado de agredir ex-mulher é denunciado por mais uma suposta vítima

Além da bacharel em Direito Juliana Galdino, 26 anos, que afirma ter sido agredida pelo ex-namorado, João René Espinheira Moreira, 33 anos, conhecido como DJ John Oliver, outra mulher se diz mais uma vítima do DJ.

Em contato com a reportagem, ao endossar o histórico do comportamento agressivo de João René, não escondeu temer pela vida ao pedir anonimato. Seu caso, conforme ela, corre em segredo de Justiça e por essa razão não poderia dar mais detalhes. Mas garantiu ter sofrido do mesmo pesadelo que a ex do músico.

Questionado sobre a nova suposta denúncia de agressão, João René, que ao ser questionado sobre a acusação da ex-namorada disse que a mesma queria prejudicar sua imagem, se limitou a dizer que não tem consciência de nenhum processo contra ele. “Desconheço”, assegurou.

Segundo o boletim de ocorrência, Juliana foi atingida por socos, chutes e pontapés. No documento, é relatado que ele arremessou um objeto de vidro na cabeça da mulher, pisou várias vezes na vítima e disse que iria matá-la. As agressões geraram ferimentos no rosto, cabeça, pescoço e braços.

Em contato com o BNews posteriomente, João René reafirmou não onder qualquer queixa neste sentido, porém não descartou a possibilidade de ser uma situação antiga, já solucionada. Com informações BNews

Mostre mais

Artigos relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Close
%d blogueiros gostam disto: