Ba X ViEsportes

Bahia sai na frente, cede empate, mas mantém invencibilidade

Contra o Cruzeiro, tricolor conquistou mais um ponto fora de casa na Série A: 1x1

Por um lado, o Bahia depois das cinco primeiras tentativas frutradas, só com derrotas, conseguiu o seu terceiro empate consecutivo fora de casa, todos a partir da chegada de Enderson Moreira. Por outro, mesmo saindo na frente no placar com Douglas, o tricolor cedeu o empate em 1×1 ao Cruzeiro, que marcou com Thiago Neves e segue com o tabu de não vencer como visitante na Série A. A partida aconteceu no Mineirão na tarde deste domingo (19).

+Palmeiras vence o Bahia e avança na Copa do Brasil

O primeiro tempo foi bem morno. O Bahia nitidamente demonstrava estar no seu limite físico, muito pela grande sequência de partidas e desgaste que teve no jogo de quinta-feira (16), contra o Palmeiras, pela Copa do Brasil. O Cruzeiro, apesar da maior posse de bola, pouco conseguia criar.

Aos 16 minutos, em jogada bem trabalhada, Barcos fez ótimo lançamento para Thiago Neves, que dominou com categoria e tentou o chute rasteiro, mas Léo e depois Lucas Fonseca cortaram. O tricolor respondeu logo depois quando Elber recebeu passe de Zé Rafael pelo lado esquerdo e cruzou rasteiro para Gilberto pegar de primeira, mas a bola explodiu na defesa.

O chute de fora da área acabou se tornando uma alternativa para ambos os times, que encontravam dificuldades na criação. O Bahia tentou com Zé e depois Gilberto, mas ambos passaram ao lado do gol de Fábio. Do lado mineiro, Thiago Neves arriscou em cobrança de falta, mas a bola subiu demais.

Os gols

Após uma primeira etapa de poucas emoções, as duas equipes voltaram com mais intensidade no segundo tempo. Logo aos nove minutos, o pirata Barcos perdeu gol incrível dentro da área após passe de Thiago Neves.

Aí a ‘lei do ex’ resolveu aparecer e a favor do Bahia. Vinicius cobrou escanteio curto para Bruno e recebeu de volta. O meia fez cruzamento perfeito na cabeça de Douglas Grolli, que já passou pelo clube mineiro, e mandou para o fundo das redes.

A vantagem no placar durou apenas quatro minutos. Em um cochilo total da defesa, Egídio apareceu livre do lado esquerdo e cruzou para Thiago Neves, também de cabeça, empatar. Após o gol sofrido, o tricolor voltou a ter controle do jogo e conseguia manter a posse de bola no campo de ataque.

Acreditando ainda no triunfo, Enderson resolveu dar mais fôlego ao setor ofensivo e colocou Marco Antônio e Régis nos lugares de Elber e Vinicius, respectivamente. A última cartada do técnico tricolor foi a entrada de Edigar Junio na vaga de Gilberto, mas de nada adiantou. O placar não mais se alterou e o Bahia conseguiu o terceiro empate consecutivo fora de casa, aumentando a invencibilidade na Série A que agora é de oito partidas.

O tricolor volta a campo na quarta-feira (22), novamente pela Série A, para enfrentar o Internacional, às 19h30, na Fonte Nova. Enderson terá o retorno de Tiago, que cumpriu suspensão.

Fonte: Correio 24 horas

Mostre mais

Artigos relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Close
%d blogueiros gostam disto: