Esportes

Atleta trans bate recorde de pontos na Superliga de Vôlei e ex-jogadora critica

Bahia Noticias

A oposta Tifanny, do Bauru, quebrou o recorde de pontos numa única partida da Superliga Feminina de Vôlei. A atleta trans anotou 39 pontos na derrota da sua equipe para o líder invicto Praia Clube por 3 sets a 2, na última terça-feira (30). A marca pertencia a atacante Tandara, atualmente no Osasco, que contabilizou 37 pontos em 2013 quando defendia o extinto Campinas. A ex-jogadora de vôlei Ana Paula criticou o feito.

“Já aplaudimos o COI e suas políticas em prol do esporte justo e sem trapaças. Agora, mulheres que honraram essas mesmas políticas antidoping por décadas, que passaram limpas por incontáveis testes desde os 16, 17 anos assistem a um homem biológico quebrar seus recordes”, escreveu a ex-atleta na sua conta no Twitter.

Com os 39 pontos, Tifanny chegou aos 160 em 30 sets disputados, o que dá uma média de 5,33 por set. A segunda melhor média pertence justamente a Tandara, que tem 316 em 66 sets, um pouco mais de 4,79 de média. As duas jogadoras estarão frente a frente nesta sexta-feira (2), no duelo entre Bauru e Osasco.

Tifanny se tornou a primeira atleta trans a disputar a Superliga. Ela foi contratada pelo Bauru após receber autorização da Federação Internacional de Voleibol (FIVB) e da Confederação Brasileira de Vôlei (CBV), com base nos critérios estabelecidos pelo Comitê Olímpico Internacional (COI).

 

 

Mostre mais

Artigos relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Close
%d blogueiros gostam disto: