BahiaNotÍcias

Artista brasileira cancela show na Rússia por ataques homofóbicos

A cantora Liniker cancelou o show que faria na Rússia em um evento da Copa do Mundo, após sucessivos ataques homofóbicos acontecerem no país. Em comunicado divulgado pela assessoria, a banda informou que “mesmo sabendo de episódios críticos de homofobia no país”, haviam aceitado se apresentar como um “ato político”. No entanto, criticou o governo russo que “não lida com a situação”, que foi agravada após o início da Copa do Mundo: “Como se alimentassem a intolerância”.

A assessoria informou que recebeu “muitas mensagens de fãs preocupados com a segurança da banda e da cantora Liniker”, que é uma mulher trans. “Mesmo tendo o apoio da BMA, da APEX e dos organizadores da Casa Brasil, o grupo optou por cancelar a sua participação”. Torcedores LGBT’s que foram à Rússia para ver a competição tem sido alertados pelos governos de seus países e por ONG’s.

O próprio Itamaraty desaconselhou brasileiros a ter demonstrações afetivas homossexuais em público no país. O motivo para tanta preocupação é uma lei criada em 2013 que ficou conhecida como “lei contra propaganda gay”, em que a distribuição de materiais informativos que defendam os “interesses de relações sexuais não tradicionais para menores de 18 anos” é vetada. Manifestações públicas da comunidade LGBT normalmente são proibidas na Rússia.

Fonte: Bahia.Ba

Mostre mais

Artigos relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Close
%d blogueiros gostam disto: