NotÍciasPolíticaTecnologia

PSOL quer derrubar o WhatsApp em todo país até votação

Pedido foi feito nesta quinta-feira (19) ao Tribunal Superior Eleitoral (TSE)

PSOL quer restringir determinadas funções do WhatsApp ou até mesmo suspender o funcionamento do aplicativo até a votação do segundo turno. O pedido foi feito nesta quinta-feira (19) ao Tribunal Superior Eleitoral (TSE).

+Moro nega influência nas eleições ao divulgar delação de Palocci

De acordo com o jornal ‘O Globo’, o objetivo do PSOL é evitar a disseminação de notícias falsas por meio do WhatsApp.

“Desde o início das eleições essa Corte já tinha manifestado a preocupação com as chamadas fake news. Apesar da inicial preocupação, a verificação às vésperas do segundo turno de votações é que as notícias falsas não foram controladas, seja pelo TSE, seja pelo aplicativo de mensagens. As notícias falsas, difamatórias, mentirosas e de ódio grassaram país à fora numa quantidade incalculável e ajudaram a definir opções de voto e manifestações de apoio a determinados candidatos”, argumenta o partido.

O PSOL também cita uma sugestão feita pela Agência Lupa ao WhatsApp, que restringe os “encaminhamentos”.

“No início deste ano, depois da disseminação de rumores que foram compartilhados via WhatsApp e que provocaram linchamentos na Índia, a empresa estabeleceu restrições no número de vezes que uma mesma mensagem pode ser encaminhada. Globalmente, fixou em 20. Na Índia, reduziu para cinco. Acreditamos que o WhatsApp deve adotar temporariamente a mesma medida no Brasil”

Fonte: Noticias ao Minuto

Mostre mais

Artigos relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Close
%d blogueiros gostam disto: